sábado, 2 de setembro de 2017

Setembro

Entrámos no melhor mês do ano - vá-se lá saber porquê!

E como ficou Agosto? Foi um mês de altos e baixos, com muitos quilómetros nas pernas, mas também com dois contratempos chatos que me obrigaram a parar mais do que eu gostaria. Primeiro um corte feio no dedo (foi há três semanas mas ainda ando com penso a proteger a zona da ferida, só para terem noção) e esta semana com um pequeno susto por me ter aparecido vinda do nada uma bola na zona do joelho direito, mesmo junto à dobra da perna, que era bastante incómoda ao caminhar e me obrigou mesmo a ir ao médico. Ora, para eu acordar um dia e decidir sem hesitar que ia ao posto de enfermagem do centro de saúde em vez de ir trabalhar era porque estava mesmo acagaçado preocupado.

O diagnóstico foi um abcesso - que não era passível de ser drenado naquela altura - e que tive que tratar com medicação. Felizmente passou tão depressa quanto apareceu e agora é só resta uma pequena marca no local e convém eu ir estando atendo a sinais de reaparecimento. Diz a médica que pode ter sido algo tão simples como uma reacção alérgica a uma picada de insecto. Obviamente que me preocupava se seria outro tipo de problema físico, sobretudo porque isto apareceu uns dias depois deste treino de 25km. (Obrigado Fabiana pela companhia, foi um prazer conhecer-te pessoalmente. O número de boas pessoas que passaram a fazer parte da minha vida por causa da corrida faz com que me relembre todos os dias a principal razão pela qual vale a pena cada quilómetro que corro!)

Pausa publicitária: se ainda não o fizeram, guardem o link do blog Correr pelos Dois algures nos vossos favoritos e depois voltem aqui. Ou fiquem por lá, que ela merece uma leitura atenta. Obrigado!

Voltando ao abcesso, a médica tranquilizou-me prontamente e disse-me que não havia nada de anormal no joelho e a localização era perfeitamente aleatória. Não treinar esta semana acabou por ser um misto de obrigação - até andar me custava - com precaução porque até já podia ter tentado fazer alguns quilómetros na 6a feira mas optei por preguiçar descansar mais um dia.

Segue-se agora uma semana de férias que vai culminar com a participação na Meia Maratona de Castelo Branco. Apesar de eu ter sempre ambições em termos de tempo final, vai servir sobretudo para ser mais um treino longo e fazer um ponto da situação em relação à minha condição actual. Curiosamente o meu plano de treinos diz-me para fazer uma prova de 10km nesse dia porque a partir da semana seguinte muda a intensidade e o tipo de treino. Não estou a seguir todo o plano - como era de calcular - mas estou a ser mais rigoroso que no ano passado. Vamos ver como corre. Uma coisa é certa: estou a precisar muito de fazer uma prova! Já passou demasiado tempo desde as Fogueiras e apesar de termos tentado levemente junto de quem de direito, este ano não se realizaram os 10km de Tagarro que no ano passado marcaram o regresso depois das férias. 

Em Agosto fiz 123,5kms de corrida, mais uma série deles em caminhadas (as mais significativas foram registadas no Strava, as outras nem por isso) e mesmo com estas paragens forçadas acaba por ser o meu mês com mais quilómetros de sempre. São, por exemplo, mais 40 e poucos quilómetros que em Agosto do ano passado. Para isso também contribuiu o tal treino de 25km de sábado que foi - sim, a sério - o meu treino mais longo de sempre. No ano passado, mesmo a treinar para a Maratona, nunca fiz mais que 21km em treino e sempre disse que me faltaram os longões de 30km. Para a próxima são só mais 5kms.

Não sei se já repararam que o título do post é "Setembro" e eu passei grande parte do tempo a falar do que aconteceu em Agosto. A explicação é simples: bom ou mau, o que aconteceu em Agosto já é passado. Agora há que olhar em frente para o futuro e consolidar em Setembro tudo o que foi feito até ao momento. Parecendo que não, faltam cerca de dois meses para a Maratona e isto vai passar... eu sei, é impossível não usar esta expressão... a correr!

4 comentários:

  1. Força grande Nuno para estes dois meses que irão culminar em mais um grande momento no Porto :)

    Um abraço

    ResponderEliminar