sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Mafra

Eu já disse, mais do que uma vez, que gosto de Mafra, apesar de tudo.
Hoje passei o dia na Tapada de Mafra numa acção de voluntariado inserida na parceria que a minha empresa tem com um grupo que coordena este tipo de acções.


Éramos 9 no total da empresa e ficámos 5 num grupo de trabalho e outros 4 noutro dos muitos que estavam programados. Entre limpar a mata e retirar de lá lixo e troncos de árvores partidas que pudessem travar o curso do rio Safarujo e limpar lodo, o dia passou-se num misto de trabalho árduo, brincadeira e muitas gargalhadas.

O meu telemóvel não anda muito amigo de fotos, mas há ali javalis.



No meu grupo, para além dos restantes colegas de trabalho, ficou também outro rapaz que ao fim de 15 minutos já parecia que nos conhecia desde sempre e foi altamente boa onda e alinhava nas nossas piadas e maluquices. Também é para ter este tipo de interacção que estes eventos servem.

Há pouco enviei-lhe um pedido de amizade no Facebook. A foto de perfil e de capa são chegadas à meta de duas provas, ambas de trail, por acaso. Obrigado mundo por restaurares a minha fé naquela máxima que diz que toda a gente que corre é boa pessoa!

2 comentários:

  1. Que iniciativa fantástica! Além de se reforçarem os laços entre as pessoas, pratica-se uma atividade solidária e ao ar livre ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo isso. Venham mais dias destes! :)

      Eliminar